Desde a invenção da internet estamos presenciando uma mudança enorme nos laços sociais.

A maior mudança dois últimos 2.800 anos foi marcada pela transformação de um mundo vertical para o mundo globalizado e horizontal. Aquele mundo padronizado, hierárquico,focado,linear,garantido e progressivo não existe mais. A pandemia do covid em 2020 inaugura uma sociedade horizontal,múltipla,colaborativa ,arriscada e criativa.

Este novo mundo é chamado de mundo líquido e v.u.c.a. por ser volátil, incerto, complexo e ambíguo. Além do fato de termos que aprender a conviver com a incerteza, estamos diante da morte do antigo estilo de liderança que não funciona mais em um mundo horizontal e globalizado.

Neste novo mundo não é possível sobreviver apenas com planejamentos anuais ou semestrais. A pandemia de 2020 tornou esta realidade visível a todos. Líderes que não foram ágeis o suficiente para se adaptarem ao novo cenário, perceberam que é necessário mudar a forma de gerenciar seus times.

Algumas mudanças que o líder precisa enfrentar de forma mais intensa a partir de agora ampliaram esses 14 grandes desafios:

1)Planejar os próximos passos lidando com a incerteza implica em criar o futuro sem considerar muito o passado como guia. Deve estar ciente de que o mundo é vivo e novo a todo momento.

2) Não tem como não errar neste mundo líquido e incerto por isso,será necessário agir apesar dos riscos, talvez não deva punir o erro, nem o seu, nem o do time. Agora o erro é aprendizado.

3)Para que o time trabalhe diante do clima de medo da incerteza e do erro, o líder precisa conquistar a confiança do time mesmo errando. Quando o líder errar, precisa mostrar que errou, pois se esconder, pode perder a credibilidade. O erro de um liderado deverá ser visto como o erro do líder e seu time e tratado como aprendizado para todos. No novo mundo, erra quem faz, errar faz parte.

4) Para tomar decisões diante da incerteza, deverá mapear o mercado, usar dados, mas também o seu “feeling”, sua intuição e deixar isso claro. Precisará mostrar que está tomando a melhor decisão dentro do que conhece e percebe no mundo a sua volta. Com o uso da inteligência artificial as decisões somente baseadas em dados poderão ser substituídas pelos robôs. Perceber o sentimento do cliente que atendeu e as reais necessidades do seu time por exemplo, será um diferencial. Para mapear isso, será necessário desenvolver sua criatividade, intuição e empatia.

5) O líder deste novo mundo precisa ter um olhar sistêmico para perceber quando uma tecnologia nova que pode ajudar ou destruir seu negócio surgir. Estar alerta ao que acontece fora de seu ramo de atividade deve ser algo a ser praticado em sua nova forma de olhar.

6)Ele precisará saber o que faz de benefício para o planeta em troca do lucro que gera para o acionista. O impacto positivo que gera no mundo deve ser uma prioridade, assim seus clientes e liderados se sentirão motivados a fazer parte deste propósito.

7)Antes ser eficiente era praticar sempre a mesma tarefa por anos, agora o líder deve incentivar a inovação. Ou seja, aquele que antes avisava sobre os perigos, precisará incentivar correr riscos.

8)Não basta apenas comunicar o que vai ser feito, aquele líder que souber envolver, ajudando a pessoa a decidir fazer o que precisa por vontade própria, irá se destacar.

9)As regras serão substituídas pela ética, comportamentos que prejudiquem a performance da equipe devem deixar de ocorrer porque o líder estimula a ética e os valores da empresa. Ele é um exemplo e demonstra que não faz o que não admite que seja feito. O comportamento deve estar alinhado aos valores da empresa e contribuir para a performance do time. Comportamentos que causem a desunião devem ser combatidos, não necessariamente com uma lista de regras fixa, mas sempre com o exemplo.

10)No mundo de incerteza e ambiguidade, trabalhando com times diversos e multidisciplinares, ele deve estar aberto a ouvir verdades diferentes da sua. Deverá ser responsável pela verdade que escolher professar, mas estar aberto a ouvir críticas. Ter a ciência de que não vai agradar a todos e sempre deve agir pelo bem do time e do cliente.

11) Ele sabe que o custo de aquisição de um cliente novo é muito maior do que manter o que já possui. Talvez perceba que é mais fácil oferecer mais serviços para o que já conquistou. Por isso o líder precisa dar a melhor experiência que o cliente pode ter, ciente de que o cliente é cidadão do mundo que habita. Sua equipe precisa saber que o cliente paga pela melhor experiência que pode comprar e que cada tarefa feita faz parte do processo que visa fazer do cliente um promotor e um fã da sua empresa.

12) Em um mundo horizontal, profissionais líderes de si mesmos, autoresponsáveis, com inteligência emocional e pensamento sistêmico valem ouro. Por isso, os líderes devem saber gerenciar profissionais de alto desempenho para que eles não saiam da empresa. Não basta focar somente naquele que dá problema, cuidar do profissional de alta performance é fundamental.

13) Antes o líder podia ser um grande executor, agora ele precisa ser também vendedor e entender de pessoas e do mundo que muda a sua volta a cada minuto.

14)Talvez mais do que nunca, por tudo isso, ele precisa cuidar de sua vida pessoal, de sua saúde física, mental, financeira e espiritual.

Para manter e até melhorar a performance de seu time sem adoecer ou aumentar a carga de seu time a ponto de também adoece-los,que tal saber mais sobre o que já está sendo feito com sucesso?

As empresas que estão crescendo adotaram algumas práticas para a mudança de mentalidade e cultura necessária para enfrentar os desafios deste novo mundo:

Tem sido usado com muita eficácia a adoção de análise de perfil comportamental do líder e dos liderados.

Ela ajuda a identificar o percentual de uso das características de cada perfil (analista,executor,planejador e comunicador), além disso deixa claro os pontos fortes, pontos de melhoria,forma de receber o feedback.

Também ajuda a identificar quais tarefas podem se encaixar melhor para o perfil, mapeia estilo de liderança, nível de estresse, capacidade de iniciar ou terminar tarefas, etc. Para saber mais sobre os perfis comportamentais e como isso pode ajudar você e seu time, assista esse vídeo:

Os diferentes perfis comportamentais

Mas cada líder enfrenta um cenário diferente que pode agravar esses pontos ou trazer outros que devem ser priorizados. Por isso eu gosto de atender de forma individual e fazer a análise do perfil comportamental do líder e mapear seu cenário e seus principais desafios e desejos. A partir disso, monto um processo de coaching com mentoria para ajuda-lo a ampliar a sua capacidade de liderar e equilibrar a sua vida pessoal e profissional.

Conte comigo, seu sucesso é meu sucesso e juntos somos mais fortes.

Entre em contato e agende uma sessão de briefing gratuita para que você me conheça e me conte quais os seus maiores desafios.

Veja os depoimentos dos meus clientes no meu linkedin e aqui no site e entre em contato comigo clicando aqui.

Saiba mais em:

Como cada perfil comportamental pode se sabotar – identifique e vença o que está causando a procrastinação

4 cenários encontrados pelos líderes: perigos e soluções adotadas

12 Dicas para gerenciar times remotos e em home office

WhatsApp Chat
Enviar